7 de maio de 2020

Isolamento 

 

Nunca o frescor de um

banho de cachoeira

fora tão sonhado

Respirar o ar fresco

da mata escondida

entre galhos…

 

O barulho dos bichos

que incomodam menos

do que o barulho mental

Sofrido, dolorido

de uma dor inesgotável

 

As pequenas coisas

que outrora não percebia

Agora desejadas

Uma ida a um bar

Uma visita demorada

Ficar numa festa até de 

madrugada…

 

Mergulhar em mim mesma

e afundar em areias

movediças da indecisão

Preenchem boa parte

do meu tempo

Escapar disso tudo

é meu intento